terça-feira, 15 de janeiro de 2013

Aventuras da Liik! #Nemtãoaventurasassim!kk'

Oi galera,
Hoje eu estou aqui pra contar para vocês algumas das minhas aventuras dessas férias.
Pois é, acontece que a blogueira aqui não tem muita coisa pra contar, porque sou uma pessoa que vive fechada em casa. Mas, vamos lá.
Meu ano novo foi o máximo, passei a noite toda no portão, com uns amigos. Foi muito bom, porque pela primeira vez não fiquei grudada na minha mãe o tempo todo e pude rir com pessoa que gosto além da minha família. Eu, minha irmã e minha prima fomos ver o bloco de ano novo que sai todo ano, lá perto de onde estávamos. No fim, nunca me diverti tanto.
Dia 1° foi dia de churrasco e piscina na casa de uma tia, a amiga dela estava fazendo aniversário e fomos todos prestigiar a moça. Muito divertido, porém com alguns probleminhas, nada que não pudêssemos resolver.
Algum tempo depois, um amigo veio passar o dia na minha casa. Acho que não rimos como poderíamos mas, rimos bastante.
E, esses dias, uma amiga veio aqui em casa, acabou dormindo aqui por causa da chuva, foi muito divertido, tiramos muitas fotos loucas, ficamos cantando na varanda, com minha irmã e uma prima. Coisas que só amigas fazem, também conversamos coisas sérias, e ficamos mandando mensagens pra pessoas a noite toda. Ficamos conversando no quarto ao invés de dormir, Essas coisas de criança que você volta a fazer quando seus amigos estão por perto, coisas que assim que eles vão embora você sente falta. Coisas que só vocês podem entender, que só vocês vão se lembrar quando forem velhos e ainda amigos.
Pois é galera, a verdade é que, era aqui que eu queria chegar, nos amigos e na importância deles, na importância de estar com eles, de fazer coisas que as outras pessoas julgam loucura, porque no final, apenas vocês vão se lembrar e vão poder dizer que, as coisas mais divertidas que fez foi com eles, com esses amigos, que as pessoas diziam que era louco e que você era louco quando estava com ele, vão perceber que não dá pra pensar na melhor fase da sua vida sem pensar nesse amigos, ou nesses amigos, não dá pra lembrar das coisas mais divertidas que fez, sem se lembrar dele, porque em todas ele estava lá.

Espero que todos vocês tenho amigos como eu tenho, que não dá pra separar de mim.

Beijinhos

Liik!

Nenhum comentário:

Postar um comentário