domingo, 20 de janeiro de 2013

O que fazer quando se deseja morrer!

Não ser mais a mesma pessoa de antes. Não ouvir o que as pessoas dizem. Não amar mais. Não querer mais. Não sentir mais. Nem menos querer morrer mais. Às vezes, as coisas apenas precisam sair de você. Mas o pior é simplesmente não poder dizer NÃO! E quando não não é uma opção? Quando tudo que você pode dizer é não e é a única que você não quer dizer? O que você faz quando amar você mesmo é menos importante do que amar alguém e você sabe que nada disso vai pra frente? Quando essa pessoa diz que te ama todos os dias, você sabe que é verdade mas, não é como você queria? E se sua vida agora é essa pessoa, e ela espalha por aí que a vida dela é você mas, as coisas são diferentes de uma pessoa pra outra?

Quando você sabe que ele vai estar sempre ao seu lado,mas nunca vai estar com você. Quando você o abraça mas ele não te abraça. Quando você o ama,mas ele não te ama. O que fazer?? Pra onde ir?? O que falar?? Com quem falar?? Quando uma simples atitude estraga tudo aquilo que você tanto queria, e você descobre que na verdade você nunca teve. A vida é feita de erros e acertos isso é fato,mas já parou pra se perguntar o que é certo diante de tantos erros?? As pessoas julgam sem saber,odeiam sem conhecer e não amam por não ter a capacidade de reconhecer que não sabem o que fazer nem como agira diante daquela situação! Ser humano a obra mais trabalhosa de Deus,porem a mais falha!


Só queria mesmo que algumas coisas mudassem. Só queria não estar aqui, a essa hora chorando por pessoas que, na verdade, não estão chorando por mim.  Na verdade, eu queria apenas, que o meu mundo fosse um pouco mais estável, porque viver numa corda bamba não é bom pra ninguém.


Pois é galerinha.. Uma discussão filosófica entre amigas às 05:40h. Porque as pessoas sofrem e decidem escrever. Todos temos problemas e como eu sempre digo, posto pra que vocês consigam entender o que estão passando, passaram ou ainda vão passar. E se não te ajudar a entender, vai ao menos te mostrar que outras pessoas sofrem as mesmas coisas.

Beijinhos

Liik

Nenhum comentário:

Postar um comentário